Preço do milho está abaixo do mínimo no centro-oeste e Paraná--Cepea

sexta-feira, 9 de agosto de 2013 15:59 BRT
 

SÃO PAULO, 9 Ago (Reuters) - Os preços do milho estão operando abaixo do mínimo estipulado pelo governo no centro-oeste e no Paraná, pressionados pelas perspectivas de uma segunda safra recorde no Brasil, disse o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) nesta sexta-feira.

A safra total de milho do Brasil em 2012/13 deve superar 80 milhões de toneladas pela primeira vez na história, estimou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) na quinta-feira.

Em meio a tal cenário, os atuais valores da saca não cobrem os custos de produção, fazendo com que produtores negociem o restante da safra de soja e estoquem milho, especialmente no Paraná, acrescentou o instituto.

Os valores mínimos definidos pelo governo e que prevalecem neste segundo semestre são de 17,46 reais por saca de 60 kg para os Estados de Goiás, Paraná e Mato Grosso do Sul e de 13,02 reais para o Mato Grosso.

Na última semana, o indicador ESALQ/BM&FBovespa, referente à região de Campinas (SP), cedeu 2,1 por cento, com a saca de 60 kg a 23,36 na quinta-feira, menor valor nominal desde 8 de setembro de 2010.

No período, na média das regiões acompanhadas pelo Cepea, os preços caíram expressivos 3,7 por cento no mercado de balcão (recebido pelo produtor) e 3 por cento no de lotes (negociação entre empresas com o produto limpo e seco)

(Por Laiz de Souza)