Dell enfrenta incerteza de compra e más perspectivas para PCs

segunda-feira, 12 de agosto de 2013 12:47 BRT
 

Por Poornima Gupta

SÃO FRANCISCO, 12 Ago (Reuters) - Meses de disputas públicas, negociações secretas nos bastidores e acordos de última hora pelo controle da Dell parecem não corresponder ao fato de que os competidores estão lutando por uma empresa que enfrenta agravamento nas perspectivas de vendas.

A disputa entre o presidente-executivo Michael Dell e o investidor ativista Carl Icahn também está começando a assustar alguns clientes.

É a última coisa que companhia necessita, enfrentando um horizonte cada vez mais negro para a venda de computadores pessoais. A empresa de pesquisas IDC estima que as vendas de PCs da Dell tenham caído 4,2 por cento no segundo trimestre sobre igual período do ano passado.

Alguns clientes começaram a perguntar se a Dell irá continuar existindo no longo prazo, disse Michael Gavaghen, vice-presidente de vendas e marketing da revendedora da Dell SL Powers. As vendas também estão demorando mais para serem fechadas, acrescentou ele.

A cacofonia em torno da proposta de 25 bilhões de dólares feita por Michael Dell, presidente-executivo da companhia, e pelo Silver Lake Partners aumentou em relação ao mês passado.

Michael Dell elevou sua oferta duas vezes para tentar conquistar grandes investidores. A votação de acionistas foi agendada para setembro, depois de ser adiada três vezes.

Icahn ameaçou iniciar uma campanha para substituir o presidente e a diretoria da Dell, também processando a empresa para tentar forçar uma antecipação da votação dos acionistas.

A moral dentro da empresa segue estável por ora, dizem alguns funcionários, que acrescentam que o cenário poderia mudar rapidamente se Icahn conseguisse reestruturar a gestão.   Continuação...