13 de Agosto de 2013 / às 00:58 / 4 anos atrás

Lucro da Eztec sobe mais de 70%, apoiado em vendas e execução de obras

RIO DE JANEIRO, 12 Ago (Reuters) - A construtora e incorporadora Eztec registrou um avanço de mais de 70 por cento no lucro líquido do segundo trimestre, apoiada em maior velocidade de vendas e execução de obras.

O lucro foi de 136,4 milhões de reais entre abril e junho, ante 80 milhões de reais no mesmo período de 2012, informou a companhia nesta segunda-feira.

“O maior volume de lançamentos com maior volume de vendas foram indicadores muito fortes. Isso impacta em maior reconhecimento de receita”, disse o diretor financeiro e de relações com investidores, Emílio Fugazza.

Segundo ele, a companhia encerrou o trimestre com 32 obras em andamento, o que também implica em um maior reconhecimento de receitas, com uma diluição das despesas administrativas e comerciais e um resultado financeiro menor.

O cenário macroeconômico adverso não afetou as vendas da companhia no trimestre, de acordo com o executivo, que também não vê maior impacto nos próximos meses.

“As notícias ruins não batem com o cenário que estamos vivendo”, afirmou Fugazza.

As vendas contratadas, líquidas de distratos e corretagem, atingiram 363 milhões no segundo trimestre, alta de 141,6 por cento na comparação anual. A venda de estoques representou 55 por cento do total no trimestre, informou a Eztec.

Os lançamentos de abril a junho foram de 431,8 milhões de reais, 116 por cento maior do que o resultado um ano antes, chegando a 1,288 bilhão de reais no semestre.

O montante de janeiro a junho representa 55,7 por cento do ponto médio da meta de lançamentos para o ano, de 1,2 bilhão a 1,4 bilhão de reais. Assim, a receita líquida da Eztec cresceu 75 por cento, a 275,6 milhões de reais.

No trimestre, o cancelamento de vendas cresceu 102,4 por cento, a 15,2 milhões de reais, devido a um maior número de entrega de obras no período em relação ao ano passado, segundo o executivo.

“A relação dos cancelamentos sobre a receita representou pouco menos que 5 por cento no semestre. Esse percentual não vai subir dos 5 por cento (no ano)”, afirmou Fugazza.

A companhia encerrou o trimestre com Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) de 133 milhões de reais, avanço anual de 77,6 por cento. A margem Ebitda foi de 48,3 por cento, ante 47,6 por cento no segundo trimestre de 2012.

LANÇAMENTOS NO 2o SEMESTRE

Depois de lançar, em julho, a segunda fase de imóvel comercial em Osasco com valor geral de vendas (VGV) de 33,6 milhões de reais, a Eztec pretende lançar 560 milhões de reais no estado de São Paulo até o final do ano.

Até setembro, está previsto o lançamento de dois empreendimentos residenciais em São Paulo e Santos, com VGV de 200 milhões de reais, além de outros 300 milhões de reais em um imóvel em Guarulhos, previsto para o quarto trimestre.

Há, ainda, planos para o lançamento de imóvel comercial em São Paulo, de 60 milhões de reais, também para os últimos três meses do ano, disse Fugazza.

Por Juliana Schincariol

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below