Confiança do investidor alemão melhora com retomada da zona do euro

terça-feira, 13 de agosto de 2013 08:01 BRT
 

Por Sakari Suoninen e Eva Taylor

MANNHEIM, Alemanha, 13 Ago (Reuters) - A confiança dos analistas e dos investidores da Alemanha avançou mais do que o esperado em agosto, mostrou pesquisa nesta terça-feira, sugerindo que a maior economia da Europa está retomando força após sofrer contração no final de 2012 e começar 2013 com fraqueza.

A pesquisa mensal do instituto ZEW sobre a confiança econômica subiu para 42,0 ante 36,3 em julho, alcançando o nível mais alto desde março e superando a expectativa em levantamento feito pela Reuters, de alta para 40,0.

"Parece que haverá um ponto de virada nas próximas semanas. O ZEW prova isso", disse Thomas Gitzel, do VP Bank.

"Os indicadores mais recentes e os fatos --como o forte ganho na produção industrial em junho-- fortalecem a expectativa de uma melhora após um longo período", completou ele.

Sinais iniciais de que a zona do euro está saindo da recessão provavelmente ajudaram a elevar o índice, enquanto a demanda sólida na Alemanha também ajudou, disse o instituto ZEW.

Dados na quarta-feira devem mostrar que a economia da zona do euro cresceu 0,2 por cento no segundo trimestre. Isso seria uma boa notícia para a Alemanha, que envia cerca de 40 por cento de suas exportações para o bloco de moeda única.

Os números do ZEW ecoam recentes dados otimistas mostrando que as encomendas e produção das indústrias na Alemanha subiram, o setor privado expandiu, as exportações aumentaram, o desemprego caiu e a confiança entre consumidores e empresas melhorou.

O economista do ZEW Michael Schroeder afirmou que a alta nas expectativas da zona do euro para 44,0 em agosto --maior nível desde abril de 2010-- ante 32,8 no mês anterior foi "um bom sinal de que o pior em relação à recessão na Europa pode ter acabado".