Base fraca de comparação em 2012 ajudará BR Malls; vê margem estável

terça-feira, 13 de agosto de 2013 16:32 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 13 Ago (Reuters) - A administradora de shopping centers BR Malls espera encerrar o ano com margem nos mesmos patamares do segundo trimestre, enquanto a fraca base de comparação do ano passado deverá beneficiar os resultados deste ano, que também apresentarão melhora na comparação trimestral.

"Daqui para a frente, a base de comparação é um pouco menor. Inclusive no terceiro trimestre, que foi nosso pior mês no ano passado de vendas mesmas lojas", disse em teleconferência nesta terça-feira o presidente-executivo da companhia, Carlos Medeiros.

As vendas mesmas lojas (abertas há mais de 12 meses) da BR Malls avançaram 6,2 por cento no segundo trimestre, ante aumento de 7 por cento um ano antes. No terceiro trimestre de 2012, o avanço foi de 6,2 por cento.

O executivo comentou que os esforços de ganho de eficiência e foco na melhoria de indicadores operacionais também beneficiarão os resultados até o final do ano.

"Quando você olha trimestre contra trimestre, deve ter uma melhora (dos resultados)", adicionou Medeiros.

A companhia, que registrou lucro líquido de 184,6 milhões de reais entre abril e junho, disse no balanço divulgado na noite de segunda-feira que não espera uma melhora no cenário macroeconômico no segundo semestre, apesar de se dizer otimista para o período.

A BR Malls encerrou o segundo trimestre com margem Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustada de 79,4 por cento, e de 78,1 por cento no acumulado do ano.

"No primeiro trimestre, a gente teve um número mais baixo de margem, neste trimestre a gente já recuperou para por volta de 80 por cento. A gente espera terminar o ano em 80 por cento, mais 2 ou menos 2 (pontos percentuais)", afirmou o executivo.

(Por Juliana Schincariol)