Zona do euro sai da recessão no 2º tri em ritmo mais rápido que o esperado

quarta-feira, 14 de agosto de 2013 07:16 BRT
 

BRUXELAS, 14 Ago (Reuters) - O crescimento mais forte nas duas maiores economias da zona do euro, Alemanha e França, ajudou o bloco a sair no segundo trimestre de sua mais longa recessão, confirmando as expectativas de uma frágil recuperação em andamento.

Os 17 países que compartilham o euro precisaram de sete trimestres para retornar a um crescimento de 0,3 por cento, em bases ajustadas sazonalmente, nos três meses até junho, mostraram dados da agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat.

(Reportagem de Martin Santa)