Ações nos EUA caem com incerteza sobre Fed e vendas fracas da Macy's

quarta-feira, 14 de agosto de 2013 18:00 BRT
 

Por Angela Moon

NOVA YORK, 14 Ago (Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam em queda nesta quarta-feira, com o índice Dow Jones registrando seu pior dia desde o fim de julho devido aos investidores ainda especulando sobre quando o Federal Reserve, banco central do país, reduzirá suas medidas de estímulos.

O índice Dow Jones recuou 0,73 por cento, para 15.337 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve desvalorização de 0,52 por cento, para 1.685 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,41 por cento, para 3.669 pontos.

O volume de negociações tem sido baixo à medida que a temporada de balanços aproxima-se do fim e indicadores econômicos apresentam um quadro misto de crescimento, complicando previsões sobre os próximos passos do Fed.

O banco central tem comprado 85 bilhões de dólares em títulos por mês para manter baixas as taxas de juros. Alguns esperam que o Fed reduza o ritmo de compra de bônus já em setembro se dados mostrarem que a economia está melhorando.

Mas o declínio ganhou força na última hora do pregão após O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, afirmar que a autoridade monetária, que se reúne novamente em setembro, deveria esperar mais dados sobre a economia e a inflação antes de tomar uma decisão.

"Há crescente consenso de que dados individuais não importam neste momento e que o Fed já decidiu que vai encerrar as compras de bônus até o meio do próximo ano", disse o estrategista-chefe do Miller Tabak & Co, Andrew Wilkinson.

As perdas foram amplas, mas ações ligadas a varejo figuraram entre os piores declínios do dia, após a Macy's anunciar redução inesperada nas vendas e culpar a hesitação de consumidores em comprar artigos não essenciais. O papel da varejista recuou 4,5 por cento, para 46,33 dólares. Já a ação da rival Nordstrom perdeu 1,1 por cento, para 59,54 dólares.

Mas a ação da J.C. Penney disparou perto do fim do dia, com alto volume --37 por cento do volume de negociações da ação vieram nos últimos 10 minutos do pregão-- e fechou com alta de 3,4 por cento, a 13,11 dólares. O New York Post publicou em sua conta no Twitter que as vendas no conceito mesmas lojas da companhia estão positivas até agora neste mês, citando fontes.