MRV tem lucro 3,1% maior no 2º tri por maiores vendas

quarta-feira, 14 de agosto de 2013 19:44 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 14 Ago (Reuters) - A construtora e incorporadora mineira MRV registrou lucro líquido de 141 milhões de reais no segundo trimestre, resultado acima das expectativas de analistas, beneficiado por um maior volume de vendas e menor concorrência do setor.

A média das projeções de analistas obtidas pela Reuters apontava para lucro líquido de 92 milhões de reais. O resultado do segundo trimestre ficou 3,1 por cento menor na comparação anual, mas mostrou crescimento de 78,7 por cento em relação aos três primeiros meses do ano.

"A gente teve um volume alto de vendas no trimestre (...) Eu atribuo isso a demografia, formação de família, renda. E uma concorrência menor, o que tem permitido para nós um mercado bastante saudável", disse à Reuters o diretor executivo de finanças da MRV, Leonardo Côrrea.

A empresa mineira teve aumento de 46,5 por cento nas vendas contratadas do segundo trimestre na comparação anual, a 1,381 bilhão de reais, com foco maior na venda de estoques, conforme o anunciado em julho.

Na comparação com o primeiro trimestre, as vendas da MRV cresceram 26,2 por cento. Foi o mesmo ritmo de expansão do cancelamento de contratos (distratos), que somou 293,6 milhões de reais, também na comparação sequencial. A relação entre cancelamentos e vendas brutas ficou em 21,3 por cento, ante 21,2 por cento no trimestre anterior.

"Nos próximos dois trimestres, eu não espero modificação do patamar de distratos em termos percentuais. Vejo em algum momento do ano que vem uma queda percentual dos distratos", disse o executivo.

Assim como outras companhias do setor, a MRV adotou uma política de crédito mais restritiva, levando a um incremento no volume de unidades canceladas.

Segundo a MRV, a revenda das unidades é rápida, "com ganhos substanciais em preço de venda e maximização no recebimento de caixa futuro", disse em seu relatório de resultados. Das unidades distratadas no primeiro semestre, 90,5 por cento foram revendidas naquele período e com um ganho de 16,4 por cento no preço médio de venda.

Os lançamentos da MRV no segundo trimestre caíram 41 por cento na comparação anual, para 634 milhões de reais.   Continuação...