Prejuízo da Minerva sobe a R$196 mi por impacto cambial na dívida

quarta-feira, 14 de agosto de 2013 22:23 BRT
 

Por Fabiola Gomes

SÃO PAULO, 14 Ago (Reuters) - O prejuízo da empresa de alimentos Minerva Foods, terceira maior em bovinos no país, subiu 50 por cento no segundo trimestre na comparação anual, atingindo 196 milhões de reais, por conta do efeito negativo da valorização cambial sobre a dívida da companhia.

A variação cambial teve um impacto não caixa de 214,9 milhões de reais no resultado trimestral da companhia. Sem o efeito cambial, a empresa teria registrado lucro de 18,6 milhões de reais, informou a companhia em comunicado nesta quarta-feira. No primeiro trimestre deste ano, a Minerva apurou lucro de 5,2 milhões de reais.

"Teve um impacto grande da variação cambial sobre a dívida. Cerca de 70 por cento da dívida está indexada ao câmbio, basicamente dólar", disse o diretor financeiro da Minerva Foods, Edison Ticle, a jornalistas.

O dólar apresentou alta de 10,4 por cento em relação ao real no segundo trimestre.

O endividamento líquido da companhia no fim de junho somava em 1,729 bilhão de reais, contra 1,539 bilhão de reais apurados ao fim do primeiro trimestre.

A alavancagem da companhia, medida pela relação dívida líquida/Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) subiu para 3,31 vezes no segundo trimestre, contra 3,14 vezes do trimestre anterior.

GANHO OPERACIONAL

A empresa, contudo, acredita que a valorização do dólar ante o real irá refletir em aumento das vendas externas no terceiro trimestre.   Continuação...