Lucro da Iguatemi recua 34% no 2o trimestre

quinta-feira, 15 de agosto de 2013 07:54 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A administradora de shopping centers Iguatemi sofreu queda anual de 34,2 por cento no lucro líquido do segundo trimestre, somando 35,5 milhões de reais, em meio a uma base de comparação mais forte com o resultado anterior.

Já a geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) recuou 13,5 por cento, para 71,3 milhões de reais, com a margem passando de 84,9 para 65,9 por cento.

Segundo a Iguatemi, os recuos ocorreram diante de permuta realizada no segundo trimestre de 2012 para a construção de duas torres comerciais em um empreendimento em Ribeirão Preto.

De abril a junho, as vendas dos shoppings da companhia totalizaram 2,15 bilhões de reais, 13,2 por cento maiores sobre um ano antes. Já as vendas pelo conceito mesmas lojas, que considera aquelas em operação há pelo menos 12 meses, cresceram 6,8 por cento. Os aluguéis mesmas lojas, enquanto isso, tiveram alta de 8,8 por cento no período.

Com isso, a empresa apurou receita líquida de 108,12 milhões de reais no período, crescimento de 11,4 por cento ano a ano.

A empresa manteve perspectiva de entregar Ebitda entre 450 milhões e 500 milhões de reais em 2014, além de alta de 15 a 20 por cento na receita líquida de 2013.

(Por Roberta Vilas Boas)