Dona da BA escolhe Airbus novamente para modernizar frota

quinta-feira, 15 de agosto de 2013 11:13 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A IAG, controladora da British Airways e da Iberia, escolheu a Airbus novamente para a última fase da modernização de sua frota, planejando adquirir até 220 unidades do jato A320 avaliados em 20 bilhões de dólares.

O movimento é o mais recente grande acordo entre a International Consolidated Airlines (IAG) e a Airbus, em detrimento da longa parceria entre British Airways e Boeing, e segue a chegada em Londres no mês passado do primeiro avião superjumbo A380, da Airbus.

A compra do maior avião comercial do mundo foi anunciada como uma peça central do plano de renovação da frota do grupo, que visa reduzir as contas de combustível e dar à companhia aérea uma vantagem em particular no lucrativo mercado de viagens longas de negócios.

A IAG disse no fim da quarta-feira que fez pedidos firmes por 62 aviões A320 com opções por mais 58 unidades para a Vueling e outras 100 que podem ser destinadas a qualquer empresa do grupo -- British Airways, Iberia ou Vueling.

A IAG disse que negociou um desconto "substancial" sobre o preço de lista do A320, que pode totalizar 5,4 bilhões de dólares para os 62 pedidos firmes e cerca de 20 bilhões de dólares para todos os 220 aviões.

Os aviões do pedido firme para a Vueling têm entrega prevista para 2015 a 2020, sujeitas a aprovação dos acionistas da IAG, e irão substituir parte da atual frota da empresa de 70 unidades do A320, assim como possibilitar a continuidade da expansão da empresa de baixo custo.