Juiz diz ter dúvidas sobre plano de recuperação da AMR

quinta-feira, 15 de agosto de 2013 13:36 BRT
 

NOVA YORK, 15 Ago (Reuters) - O juiz que analisa o processo de concordata da AMR, controladora da American Airlines, pediu informações adicionais nesta quinta-feira para a empresa e outros envolvidos sobre se o plano para sair da concordata pode ser confirmado em meio aos desafios antritrustes ao seu plano de fusão com a US Airways.

Em uma audiência no Tribunal de Concordatas dos Estados Unidos, em Nova York, o juiz Sean Lane disse que tem "persistentes dúvidas" sobre se é apropriado confirmar o plano, que é baseado na fusão proposta de 11 bilhões dólar.

Os comentários do juiz e o pedido por mais informações sugerem que ele não irá aprovar o plano na audiência de quinta-feira. Um advogado da AMR disse no tribunal que Lane ainda pode aprovar o plano, porque ele não entrará em vigor até que a questão antitruste seja resolvido.

O Departamento de Justiça entrou com uma ação antitruste na terça-feira para bloquear a fusão, dizendo que a transação reduziria a competição e elevaria as tarifas.

(Por Nick Brown)