China e Japão lideram saída recorde de Treasuries em junho

sexta-feira, 16 de agosto de 2013 08:10 BRT
 

NOVA YORK, 16 Ago (Reuters) - A China e o Japão lideraram um êxodo dos Treasuries norte-americanos em junho após os primeiros sinais de que o banco central dos Estados Unidos está se preparando para reduzir seu estímulo.

As vendas foram parte dos 66,9 bilhões de dólares em vendas líquidas de títulos de longo prazo dos EUA por estrangeiros em junho, o quinto mês seguido de resultado negativo e o maior desde agosto de 2007, mostraram dados do Departamento do Tesouro dos EUA na quinta-feira.

A China, maior credor estrangeiro, reduziu seu portfólio de Treasuries para 1,2758 trilhão de dólares, e o Japão teve queda pelo terceiro mês seguido para 1,0834 trilhão de dólares. Combinados, eles responderam por cerca de 40 bilhões de dólares em saída líquida de Treasuries.

Declarações do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, em 22 de maio de que o banco central norte-americano poderia reduzir seu programa de compra de ativos até setembro alimentou vendas generalizadas de Treasuries.

"As vendas de Treasuries e as declarações de Bernanke sobre redução estão relacionadas", disse Michael Woolfolk, estrategista de mercado global do BNY Mellon. "Um raio não cai no mesmo lugar duas vezes, mas Bernanke repetiu suas declarações em junho e isso perturbou o mercado."

Ele disse que o fluxo negativo líquido de Treasuries foi o mais alto pelo menos desde 1997, quando o governo começou a compilar os dados.

(Reportagem de Gertrude Chavez-Dreyfuss)