Presidente da agência de privatizações na Grécia é demitido

domingo, 18 de agosto de 2013 13:42 BRT
 

ATENAS, 18 Ago (Reuters) - A Grécia demitiu o presidente da sua agência de privatização, Stelios Stavridis, neste domingo, depois que um jornal informou que ele viajou no avião particular de um empresário que acaba de comprar uma empresa estatal.

Stavridis é o segundo chefe da agência a sair em menos de seis meses, reacendendo a controvérsia em torno do programa de privatização da Grécia, uma parte fundamental de seu resgate internacional.

Atrasos e deficiências nos processos de privatização são uma constante dor de cabeça para a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI), que bancaram 240 bilhões de euros de resgate da Grécia.

Os credores disseram no mês passado que iriam rever a maneira com que a agência estava sendo operada, depois que verificou-se que ela não atingiria a meta de receita de 2013, de cerca de 1 bilhão de euros.

"O ministro das Finanças Yannis Stournaras pediu hoje a renúncia do presidente Stelios Stavridis", informou o Ministério das Finanças em um breve comunicado.

Um funcionário da pasta, falando sob condição de anonimato, disse à Reuters que a demissão Stavridis teve efeito imediato.

O jornal Proto Thema publicou no sábado que Stavridis viajou na semana passada no avião particular do armador Dimitris Melissanidis, um dos principais acionistas do consórcio que em maio comprou uma participação de 33 por cento na empresa de apostas OPAP.