Blackstone prevê US$5 bilhões para novo fundo europeu--fonte

segunda-feira, 19 de agosto de 2013 21:00 BRT
 

19 Ago (Reuters) - A unidade imobiliária da Blackstone deverá destinar mais de 5 bilhões de dólares para um novo fundo europeu, de acordo com uma fonte a par do tema, demonstrando as apostas de uma das maiores empresas de private equity do mundo no setor imobiliário do Velho Continente.

A Blackstone recusou-se a dar detalhes sobre o novo fundo.

Apesar de os Estados Unidos representarem o grosso dos ativos imobiliários da Blackstone, a empresa com sede em Nova York disse no mês passado que estava olhando oportunidades no exterior. O setor imobiliário turbulento na Europa passa por vendas e os problemas financeiros na Ásia estão criando oportunidades, tornando as duas regiões mais atraentes do que o mercado dos Estados Unidos, mais caro.

A Blackstone também concordou em vender sua fatia de 50 por cento no complexo de escritórios Broadgate, em Londres, para um fundo soberano por mais de 1,7 bilhão de libras (2,66 bilhões de dólares), informou à Reuters uma fonte próxima ao tema.

A Blackstone comprou metade do terreno localizado no distrito financeiro de Londres da British Land em setembro de 2009 por 77 milhões de libras, e desde então promoveu investimentos para melhorar a propriedade.

O segmento imobiliário é o que dá mais lucro à Blackstone, representando metade dos ganhos do último trimestre. A negociação envolvendo o Broadgate permitirá à Blackstone devolver mais dinheiro a seus investidores enquanto pedirá mais recursos para a captação do novo fundo europeu.

(Reportagem de Karen Rebelo em Bangalore)