Mantega diz que governo quer reforçar política fiscal e segurar gastos

segunda-feira, 19 de agosto de 2013 21:09 BRT
 

SÃO PAULO, 19 Ago (Reuters) - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse nesta segunda-feira que o governo vai segurar os gastos e ter um resultado fiscal sólido, e que está monitorando os Estados e municípios para que também façam o mesmo.

A política fiscal expansionista do governo tem sido criticada pelo mercado e também tem dificultado o controle da inflação.

Mantega disse, em breve entrevista a jornalistas em São Paulo, que a desvalorização do real frente ao dólar pode ter algum impacto na inflação, mas que o governo tem armas para combater esse efeito.

"Não sabemos onde o câmbio vai parar. Alguma influência deve ter (na inflação), mas ainda não teve", disse o ministro, acrescentando que o governo tem "alguns antídotos, como a redução da tarifa de alguns insumos na lista de 100 produtos que subiram no ano passado".

(Reportagem de Bruno Federowski)