Ações europeias têm mínima em 3 semanas em meio a volatilidade alta

terça-feira, 20 de agosto de 2013 14:11 BRT
 

Por Alistair Smout

LONDRES, 20 Ago (Reuters) - As ações europeias atingiram mínima em três semanas e um importante índice de volatilidade saltou nesta terça-feira, à medida que aumentaram as de que o banco central dos Estados Unidos começará a reduzir suas medidas de estímulo monetário no próximo mês.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 encerrou em queda de 0,8 por cento, a 1.214 pontos. O índice chegou a cair para 1.207 pontos durante o pregão, marcando o nível mais baixo em agosto, conduzido pela queda de 1,5 por cento no setor bancário.

O FTSEurofirst 300 alcançou máxima em cinco anos de 1.258 pontos no fim de maio, mas desde então tem caído por causa da crescente especulação de que o Federam Reserve em breve começará a reduzir suas compras de títulos mensais, o que conduziu grande parte do rali acionário global neste ano.

A ata da reunião de julho do Fed, a ser divulgada na quarta-feira, pode tornar a situação mais clara.

"Se o Federal Reserve for começar a reduzir o quantitative easing, seria o setor financeiro que receberia o impacto inicial, e as ações defensivas estão se comportando relativamente bem hoje em relação às cíclicas como as do setor financeiro", disse o chefe de negociações do TJM Partners, Manoj Ladwa, embora tenha alertado contra tirar muitas conclusões dos movimentos do pregão.

O índice de volatilidade do Euro Stoxx 50 avançou 9,7 por cento para 19,20 pontos, refletindo as dúvidas dos investidores sobre a perspectiva de curto prazo para os mercados, mas o volume no FTSEurofirst 300 foi de apenas 88,7 por cento da média de 90 dias, que já é baixa.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,19 por cento, a 6.453 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,79 por cento, para 8.300 pontos.   Continuação...