Orientação futura do BCE não significa nova era, afirma Weidmann

quarta-feira, 21 de agosto de 2013 07:27 BRT
 

FRANKFURT, 21 Ago (Reuters) - O uso de orientações futuras pelo Banco Central Europeu (BCE) tem como objetivo melhorar sua comunicação e não marca uma nova era em sua política monetária, afirmou o membro do conselho diretor do BCE Jens Weidmann em entrevista para uma revista.

Abandonando sua tradição de nunca se comprometer previamente em relação a medidas futuras sobre os juros, o BCE disse no mês passado que vai manter suas taxas de juros em mínimas recordes por um "período prolongado" --seu primeiro uso da orientação futura.

"Orientação futura é um instrumento para comunicar melhor o curso de nossa política monetária em tempos incertos", disse Weidmann em uma entrevista à revista alemã Capital divulgada nesta quarta-feira.

"Mas não é uma mudança de era, isso não irá alterar nossa ação de política monetária", afirmou Weidmann, que também é o presidente do banco central da Alemanha.

(Por Paul Carrel)