Leilão de ferrovia Maranhão-Pará deve atrasar cerca de 15 dias--fonte

quarta-feira, 21 de agosto de 2013 18:35 BRT
 

Por Leonardo Goy

BRASÍLIA, 21 Ago (Reuters) - O cronograma do leilão de concessão da ferrovia entre Açailândia (MA) e Barcarena (PA) deverá atrasar em cerca de 15 dias, disse nesta quarta-feira à Reuters uma fonte que acompanha de perto o assunto.

Inicialmente, o leilão do trecho estava previsto para 18 de outubro. Esse cronograma, porém, contemplava a publicação do edital na última segunda-feira, o que não ocorreu porque os estudos econômicos relativos à concessão ainda estão sob análise do Tribunal de Contas da União (TCU).

A concessão desse trecho de ferrovia de 457 quilômetros é a primeira de um pacote de 11 mil quilômetros de novas ferrovias que o governo pretende licitar.

Segundo a fonte, a demora do TCU para analisar o processo deve-se, principalmente, ao fato de o modelo de concessão das ferrovias ser diferente do padrão adotado nas rodovias, por exemplo, ou das ferrovias que já estão sob gestão privada.

O modelo proposto pelo governo, inédito no país, prevê que o concessionário construa e cuide da gestão dos trilhos, mas não caberá a ele operar os trens que circularão na via, como ocorre nas concessões de ferrovias existentes.

No casos atuais, O governo comprará 100 por cento da capacidade de carga da concessão e a revenderá aos interessados em operar os trens. (Reportagem de Leonardo Goy)