22 de Agosto de 2013 / às 10:26 / em 4 anos

PMI de indústria sugere que China ainda pode evitar desastre de dívida

Trabalhador corta barras de aço em fábrica em Hefei, província de Anhui, China, 18 de agosto de 2013. Os esforços da China para interromper a desaceleração do crescimento econômico e evitar uma potencial crise de crédito podem estar dando certo, a julgar pelos últimos resultados da pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) da indústria. 18/08/2013Stringer

Por Kevin Yao

PEQUIM, 22 Ago (Reuters) - Os esforços da China para interromper a desaceleração do crescimento econômico e evitar uma potencial crise de crédito podem estar dando certo, a julgar pelos últimos resultados da pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) da indústria.

O PMI preliminar do HSBC para a indústria subiu em agosto para 50,1, o maior nível em quatro meses, com recuperação das encomendas. Esse foi um resultado encorajador ante a leitura de 47,7 de julho, a mais fraca em 11 meses. Leitura acima de 50 significa que a atividade está se expandindo, e abaixo representa contração.

Economistas comemoram o resultado como uma evidência de que os esforços do governo para reprimir uma rápida desaceleração começam a funcionar, embora alertem que uma recuperação forte ainda parece improvável.

Pequim lançou uma série de medidas recentemente para sustentar a economia, incluindo a retirada de impostos para pequenas empresas, oferecendo mais ajuda a exportadores e acelerando o investimento em infraestrutura urbana e ferrovias.

"Confirma que a economia se estabilizou no curto prazo", disse Zhiwei Zhang, economista do Nomura.

O subíndice que mede as novas encomendas subiu para a máxima de quatro meses de 50,5 em agosto ante 46,6 em julho. O subíndice preliminar de emprego do PMI também acelerou, mas ainda permaneceu abaixo da marca de 50. Mas um subíndice de novas encomendas de exportação ficou menor, lembrando que a demanda global pelas exportações da Ásia permanece fraca.

Para mais informações, veja a matéria em inglês:

Reportagem adicional de Koh Gui Qing e Xiaoyi Shao, e de Tara Joseph em Hong Kong

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below