Em dia de intervenção, dólar cai ante real; BC fará leilão de linha na 6a

quinta-feira, 22 de agosto de 2013 22:24 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO, 22 Ago (Reuters) - O dólar fechou esta quinta-feira em queda ante o real após avançar no último pregão para o maior nível em cinco anos, em mais um dia marcado por muito vaivém e forte atuação do Banco Central.

A moeda norte-americana chegou a cair mais de 1 por cento durante o dia ante expectativas de novas medidas cambiais, mas essas apostas perderam fôlego na última hora do pregão e o dólar devolveu parte da queda.

O dólar recuou 0,78 por cento, para 2,4320 reais na venda, após tocar 2,4196 na mínima do dia. Na sessão anterior, a divisa norte-americana havia avançado 2,39 por cento, para 2,4512 reais na venda. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 2,9 bilhões de dólares.

"Por enquanto, não tem notícia relevante, e o mercado está muito volátil", afirmou o economista-chefe do Espírito Santo Investment Bank, Jankiel Santos. "E aí depois da boataria, fica a expectativa: todo mundo está esperando para ver se o governo anuncia alguma medida para o câmbio."

Apesar do alívio, operadores continuam afirmando que o cenário para o câmbio ainda é de tensão, por isso a forte expectativa sobre atuações do BC.

A autoridade monetária tem intervindo pesadamente no mercado de câmbio diante da ampla valorização do dólar, atuando em nove das 16 últimas sessões.

INTERVENÇÕES

Após o fechamento dos negócios, a autoridade monetária anunciou que ofertará na sexta-feira até 1 bilhão de dólares com compromisso de recompra. O leilão ocorrerá entre as 11h15 e as 11h20 e terá como data de recompra 2 de janeiro de 2014.   Continuação...