Anima Educação contrata Itaú e Bank of America para IPO, dizem fontes

sexta-feira, 23 de agosto de 2013 21:40 BRT
 

Por Guillermo Parra-Bernal e Natalia Gomez

RIO DE JANEIRO/SAO PAULO, 23 Ago (Reuters) - A empresa do setor educacional Anima Educação SA contratou os bancos de investimento Itaú BBA e Bank of America Merrill Lynch para assessorá-la em uma oferta pública inicial de ações (IPO), afirmaram nesta sexta-feira duas fontes próximas ao tema.

A Anima, dona de três universidades em Belo Horizonte e Santos, pretende vender ações para se capitalizar e crescer, afirmou uma das fontes, que pediu para não ser identificada. A Anima foi fundada em 2003.

A decisão da empresa de realizar IPO coincide com esforços de outras companhias do setor educacional de recorrer a investidores para expandir suas atividades e adquirir empresas rivais.

A Kroton Educacional e a Abril Educação são empresas buscaram investidores em meio às promessas da presidente Dilma Rousseff de trabalhar junto das empresas para ampliar a qualidade e a cobertura da educação privada no país.

Os investidores veem essa associação como uma oportunidade para lucrar tendo a garantia de regulação moderada, em um cenário de queda dos preços das ações na bolsa brasileira este ano. Os papéis das empresas de educação subiram cerca de 7 por cento este ano, enquanto o Ibovespa caiu 13 por cento.

O Itaú informou que não comentaria sobre o assunto, e as assessorias de imprensa do Bank of America Merrill Lynch e da Anima não atenderam as ligações telefônicas realizadas após o horário comercial.

A Ser Educação, unidade da Abril, também está considerando realizar um IPO até o fim deste trimestre, afirmaram fontes ao IFR, serviço da Thomson Reuters, no início do mês. De acordo com as fontes, os bancos de investimento de BTG Pactual, Credit Suisse, Goldman Sachs e Santander foram contratados para a operação.

(Reportagem adicional de Aluísio Alves)