ING vende unidade na Coreia do Sul por US$1,65 bi

segunda-feira, 26 de agosto de 2013 09:09 BRT
 

SEUL/HONG KONG (Reuters) - A ING aproxima-se de encerrar o plano de desinvestimento na Ásia, que já dura um ano e meio, depois da empresa de private equity MBK Partners concordar em comprar sua unidade de seguros na Coreia do Sul por 1,84 trilhão de wons (1,65 bilhão de dólares).

Sob os termos do acordo anunciado nesta segunda-feira, o grupo holandês de seguros vai manter participação de cerca de 10 por cento na unidade sul-coreana e permitir que a MBK use a marca ING por até cinco anos.

Com a transação, a ING ficará apenas com unidade de seguros no Japão restando para vender, o que deixa a companhia mais perto de cumprir acordo com reguladores europeus para se desfazer de mais de 50 por cento das suas operações na Ásia até o final de 2013.

Desde que foi resgatada em 2008, a ING desmantelou seu modelo de banco e seguradora e anunciou milhares de cortes de empregos e outras economias de custo.

Para pagar os auxílios estatais, a ING levantou cerca de 23 bilhões de euros (31 bilhões de dólares) com o desinvestimento em seguros, gestão de investimentos e outros ativos.

A ING manterá participação de 120 bilhões de wons na unidade sul-coreana, confirmando informação publicada anteriormente pela Reuters.

"Estou convencido de que com o apoio da MBK Partners, a ING Life Coreia vai continuar elevando a sua oferta aos clientes e consolidar a sua posição como a quinta maior companhia de seguros do mercado coreano", afirmou o presidente-executivo do ING Group, Jan Hommen, em um comunicado.

O acordo avalia a ING Life Korea, a maior seguradora estrangeira do país, em 9,2 vezes o lucro do exercício de 2012 e 0,73 vez seu valor contábil em 31 de março de 2013, informaram as empresas em um comunicado. A transação está sujeita à aprovações regulatórias e deve ser concluída no quarto trimestre de 2013.