Laboratório Amgen compra Onyx Pharmaceuticals por US$10,4 bi

segunda-feira, 26 de agosto de 2013 10:01 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Amgen fechou um acordo para comprar o laboratório de medicamentos para câncer Onyx Pharmaceuticals por cerca de 10,4 bilhões de dólares, numa investida para melhorar sua linha de produtos diante da queda na venda de drogas contra anemia, seus principais produtos.

A aquisição representa o quinto maior negócio de biotecnologia da história e dá à Amgen plenos direitos sobre a Kyprolis, nova droga para mieloma múltiplo que analistas esperam alcançar vendas anuais superiores a 2 bilhões de dólares.

A maior empresa de biotecnologia do mundo também vai ganhar um fluxo de receita a partir do Nexavar, remédio para câncer de fígado que a Onyx divide com a Bayer AG, bem como pagamentos de royalties sobre o novo medicamento da Bayer para câncer de cólon, o Stivarga. A empresa também obterá potenciais futuros royalties sobre uma droga experimental contra o câncer de mama que está sendo desenvolvida pela Pfizer.

A Amgen tem enfrentado uma pressão crescente para reforçar sua linha de desenvolvimento de novos medicamentos, com questões de segurança reduzindo a venda das drogas contra anemia Aranesp e Epogen, carros-chefes da empresa.

Além disso, as patentes de quatro de seus cinco medicamentos mais vendidos começam a expirar a partir de 2015.

Medicamentos contra o câncer entraram com tudo no radar das farmacêuticas porque os produtos atuais têm eficácia limitada e as empresas podem cobrar preços elevados para novos tratamentos biotecnológicos.

A Amgen anunciou que vai pagar 125 dólares por ação da Onyx, um aumento de 4,2 por cento em relação à proposta de 120 dólares por papel feita em junho.

As empresas esperam que a transação seja concluída no início do quarto trimestre, com impacto no lucro líquido ajustado da Amgen em 2015.