MBAC Fertilizantes inicia operação comercial de fosfato em Tocantins

segunda-feira, 26 de agosto de 2013 15:45 BRT
 

SÃO PAULO, 26 Ago (Reuters) - A MBAC Fertilizantes, empresa canadense que atua na exploração e produção de fertilizantes no Brasil, fará sua primeira entrega comercial no final de agosto, após dar início à produção de superfosfato simples (SSP) em Tocantins, de olho no potencial crescimento do mercado brasileiro, disse nesta segunda-feira o presidente da companhia.

"Semana passada começamos a produção nacional de fosfato. Nosso primeiro compromisso de entrega comercial já está fechado", disse o presidente Roberto Busato Belger, durante o Congresso Brasileiro de Fertilizantes, em São Paulo.

A mina Itafós está localizada no município de Arraias (TO).

A empresa tem um sistema de produção integrado, concentrando todas as etapas do processo de produção em um mesmo lugar, desde a exploração da mina até o processo de acidulação e granulação do superfosfato simples.

"O consumo de fertilizantes no Brasil vive um momento diferente que o da economia nacional, com um consumo que cresce de forma sustentada. É uma grande oportunidade de crescimento", afirmou.

Atualmente, o Brasil importa cerca de 50 por cento de sua necessidade de fosfato, um dos ingredientes que compõe a fórmula NPK, composta também por nitrogênio e potássio, usados na produção de fertilizantes finais.

O Brasil é o quarto maior consumidor de fertilizantes do mundo, atrás de Estados Unidos, Índia e China, e importa cerca de 70 por cento de sua demanda total de fertilizantes.

O consumo no país é crescente, seguindo a expansão da produção agrícola, sobretudo na área de grãos, que detêm a maior fatia nas vendas do setor.

Estimativas de especialistas e consultorias apontam para um novo recorde no consumo de fertilizantes em 2013, que poderá superar a 30 milhões de toneladas, ante recorde de 29,5 milhões de toneladas no ano anterior.   Continuação...