Venda externa de açúcar remunera melhor produtor brasileiro--Cepea

segunda-feira, 26 de agosto de 2013 15:52 BRT
 

SÃO PAULO, 26 Ago (Reuters) - A venda de açúcar no exterior está mais lucrativa para as usinas do que a negociação no mercado à vista em São Paulo por conta da forte valorização do dólar frente ao real, disse nesta segunda-feira o Cepea.

O dólar acumula alta de mais de 17 por cento desde o início de maio e opera no maior patamar em mais de quatro anos.

Segundo cálculos do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, na última semana, as vendas externam remuneraram 8,51 por cento a mais que as negociações no mercado spot paulista.

Enquanto a média semanal do indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ foi de 43,46 reais por saca de 50 kg, o contrato outubro do açúcar bruto negociado na bolsa de Nova York foi de 47,16 reais por saca, acrescentou o instituto.

Para tal cálculo, foram considerados 77,45 dólares por tonelada de fobização, prêmio de qualidade de 80 dólares por tonelada e dólar a 2,4076 reais.

Na sexta-feira, o Indicador de Açúcar Cristal Cepea, referência para o mercado paulista, cor (ICUMSA) entre 130 a 180, fechou a 43,55 reais por saca de 50 kg, alta de 1,14 por cento em relação à sexta anterior.\

(Por Laiz de Souza)