Açúcar sobe em NY por preocupação com clima no Brasil

segunda-feira, 26 de agosto de 2013 16:11 BRT
 

NOVA YORK, 26 Ago (Reuters) - Os futuros do açúcar bruto negociados em Nova York (ICE) fecharam em alta pela segunda sessão consecutiva nesta segunda-feira, subindo acima de uma mínima de quatro semanas em meio a previsões com risco de geadas no Brasil.

Parte da alta foi atribuída por operadores à um relato de possibilidade de geada em algumas regiões de cana no Brasil, maior produtor mundial de açúcar, na terça-feira e possivelmente na quarta-feira. Os meteorologistas disseram, no entanto, que não esperam geada em áreas de grande produção.

"Não deve haver geada em áreas importantes de cana. Pode haver algumas áreas de geada leve em regiões de pequena produção em Mato Grosso do Sul, mas dificilmente isso terá um grande impacto", disse Drew Lerner, meteorologista agrícola sênior do World Weather Inc.

Já o MDA Weather Services disse que prevê que qualquer geada ocorra bem ao sul de qualquer área produtora de cana.

O café arábica, por sua vez, se consolidou acima de uma mínima de quatro anos atingida na semana passada, acompanhando a firmeza do índice Thomson Reuters-Jefferies CRB index, referência mundial para commodities, composto por 19 mercados.

A bolsa de Londres (Liffe) permaneceu fechada nesta segunda-feira por conta de um feriado bancário.

(Reportagem de Marcy Nicholson)