Confiança empresarial alemã dispara para máxima em 16 meses

terça-feira, 27 de agosto de 2013 07:49 BRT
 

Por Annika Breidthardt

BERLIM, 27 Ago (Reuters) - Um retomada da indústria impulsionou a confiança empresarial da Alemanha para o maior nível em 16 meses em agosto, ampliando as evidências de que a maior economia da Europa está se recuperando de uma breve desaceleração.

O instituto de pesquisa Ifo informou nesta terça-feira que seu índice de clima de negócios, com base em uma pesquisa mensal junto a 7 mil empresas, subiu para 107,5 em agosto, acima do esperado e o maior nível desde abril de 2012.

O resultado ficou acima da leitura de 106,2 de julho e pouco abaixo da estimativa mais alta em pesquisa da Reuters junto a 33 economistas de 107,8.

"A economia alemã colocou as engrenagens em movimento", disse o economista do Ifo Kai Carstensen. "As empresas estão mais satisfeitas com sua atual condição de negócios. Seu otimismo em relação aos negócios futuros, embora ligeiramente cauteloso, também aumentou."

Bastião de força nos primeiros momentos da crise da zona do euro, a economia alemã encolheu no final do ano passado e evitou por pouco a recessão no início de 2013.

Mas cresceu no ritmo mais forte em mais de um ano no segundo trimestre, ajudando a zona do euro como um todo a sair de um ano e meio de recessão.

Klaus Wohlrabe, outro economista do Ifo, disse à Reuters que a recuperação da zona do euro está sendo positiva para as empresas alemãs. Industriais esperam que seus negócios de exportação melhorem e disseram que suas condições atuais de negócios estão "consideravelmente melhores do que no mês passado".

Entretanto, varejistas e empresas de construção estavam menos otimistas do que no mês anterior.