Société Générale espera 420 demissões voluntárias em sede em Paris

terça-feira, 27 de agosto de 2013 08:38 BRT
 

PARIS, 27 Ago (Reuters) - O banco francês Société Générale, que está tentando finalizar um plano para cortar até 700 empregos na sede da instituição em Paris, está contando com cerca de 420 demissões voluntárias como parte do programa, segundo representantes sindicais.

O segundo maior banco listado da França também está tentando transferir pessoal para a Romênia para ajudar a economizar custos, segundo informativo da central sindical CGT. O banco quer cortar despesas e elevar o lucro em meio a um cenário ainda incerto de recuperação da zona do euro.

"Os funcionários não estão correndo para aderir ao programa de demissões voluntárias ... Para as 420 saídas voluntárias pretendidas pelo banco, apenas 170 inscrições foram recebidas", informou a CGT em um comunicado.

O SocGen também pediu para a consultoria Accenture trabalhar em detalhes do plano para transferência de pessoal para a Romênia, segundo a CGT. O jornal francês Les Echos afirmou que cerca de 200 empregos serão transferidos.

Uma porta-voz do SocGen afirmou que ainda é muito cedo para dar detalhes numéricos sobre o plano de demissão voluntária.

(Por Lionel Laurent e Alexandre Boksenbaum-Granier)