OGX economiza R$280 mi ao devolver blocos da 11a rodada

terça-feira, 27 de agosto de 2013 16:13 BRT
 

Por Sabrina Lorenzi e Gustavo Bonato

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO, 27 Ago (Reuters) - A petroleira OGX, de Eike Batista, economizará 280 milhões de reais com a desistência da aquisição de nove blocos dos 13 que arrematou na 11a rodada, num momento em que enfrenta dificuldades financeiras e encontra resistência da malaia Petronas para fechar um negócio que injetaria recursos na empresa.

A OGX afirmou nesta terça-feira que desistiu dos blocos porque o momento não é de correr riscos em novas áreas exploratórias. Mas o mercado já temia a falta de recursos em caixa para a empresa pagar o bônus oferecido por cada bloco.

"Achamos difícil de acreditar que a administração da empresa não tinha conhecimento desses riscos. Avaliamos que a atual falta de liquidez e a percepção de que será difícil adquirir os blocos ​​no curto prazo foram as razões por trás do anúncio", afirmou o Deutsche Bank em relatório distribuído nesta terça-feira.

A companhia não realizará o pagamento e assinatura referente aos blocos BAR-M-213, BAR-M-251, BAR-M-389, CE-M-663, FZA-M-184, PN-T-113, PN-T-114, PN-T-153 e PN-T-168, áreas que arrematou sozinha no leilão da ANP.

A resistência da malaia Petronas em fechar o acordo de compra de fatia de dois blocos da OGX, num negócio de 850 milhões de dólares crucial para injetar recursos no caixa da empresa de Eike, pode ter influenciado a decisão de abandonar os blocos, segundo o Deutsche Bank.

"Os recursos obtidos com a venda são a principal fonte de financiamento para a OGX neste momento... Sem os recursos provenientes da venda do BM-C-39 e BM-C-40, a OGX deve ficar sem dinheiro durante o terceiro trimestre", comentou o banco.

A Petronas, uma das maiores companhias de petróleo da Ásia, espera uma reestruturação da dívida da petroleira de Eike Batista para prosseguir com o negócio. Neste contexto, a Petronas ainda não apresentou as garantias financeiras exigidas por autoridades brasileiras para a compra de fatia de blocos da OGX, segundo disse uma fonte à Reuters.

A OGX informou que vai manter os pagamentos e a assinatura dos contratos dos outros quatro blocos arrematados na 11a rodada.   Continuação...