Governo deve elevar slots para aviação comercial em Congonhas--fonte

terça-feira, 27 de agosto de 2013 19:13 BRT
 

Por Leonardo Goy

BRASÍLIA, 27 Ago (Reuters) - O governo federal deve elevar a quantidade de slots para as empresas aéreas regulares no aeroporto de Congonhas (São Paulo), sem reduzir o espaço destinado à aviação executiva, disse nesta terça-feira à Reuters uma fonte do governo a par das discussões.

Atualmente, o aeroporto na capital paulista opera com 34 pousos e decolagens (slots) por hora, sendo 30 destinados à aviação comercial e quatro para aviação geral, que inclui serviços como táxis aéreos e aviação executiva.

Segundo a fonte, ainda não está fechado qual será o acréscimo nos slots para as aéreas regulares, mas a tendência é que o governo aumente a quantidade total de movimentos por hora para 38, passando esses quatro novos para a aviação comercial.

A expansão deverá ser feita por meio do aperfeiçoamento do planejamento do uso do aeroporto. A ideia é criar novos slots firmes para a aviação regular a partir de um melhor aproveitamento da grade, que hoje tem "janelas" que são conhecidas como "slots de oportunidade".

Essas janelas na programação do aeroporto -em alguns casos abertas por conta de atrasos ou cancelamentos- hoje são usadas apenas pela aviação executiva, além dos 4 slots que já são destinados a cada hora a essas aeronaves.

Segundo a fonte, em média Congonhas tem 4 "slots de oportunidade" por hora. Replanejando o uso do aeroporto, é possível converter esses espaços em horários formais para que eles SEJAM usados pela aviação comercial -que não pode usar as janelas, já que vende passagens com hora marcada- e o número total de movimentos por hora chegaria a 38.

Em junho, em entrevista à Reuters, o presidente da Infraero, Gustavo do Vale, já havia dito que Congonhas comportava mais quatro slots para as aéreas regulares.

A questão está sendo examinada pela Agência Nacional de Aviaçao Civil (Anac) e pela Secretaria de Aviação Civil da Presid6encia da República, que analisam tecnicamente como remanejar essa escala para aproveitar as janelas. Os estudos já estão na fase final.   Continuação...

 
Aeronave prepara-se para aterrisar no Aeroporto de Congonhas, São Paulo. O governo federal deve elevar a quantidade de slots para as empresas aéreas regulares no aeroporto de Congonhas (São Paulo), sem reduzir o espaço destinado à aviação executiva, disse nesta terça-feira à Reuters uma fonte do governo a par das discussões. REUTERS/Paulo Whitaker 6/03/2012