Confiança do consumidor da Alemanha recua de máxima em 6 anos--GfK

quarta-feira, 28 de agosto de 2013 07:22 BRT
 

Por Sarah Marsh

BERLIM, 28 Ago (Reuters) - A confiança do consumidor alemão caiu ligeiramente para setembro, devido às preocupações dos consumidores com a inflação, embora permaneça perto de seu nível mais alto em quase seis anos.

O grupo de pesquisa de mercado GfK informou nesta quarta-feira que seu indicador de confiança futuro, com base em uma pesquisa junto a cerca de 2 mil pessoas, caiu para 6,9 para setembro ante 7,0 no mês anterior, maior nível desde antes da crise financeira global.

O resultado ficou abaixo da menor estimativa em pesquisa da Reuters de que o indicador permaneceria em 7,0. Uma série de dados fortes da maior economia da Europa ao longo do último mês levantou expectativas e a mediana das projeções era de aumento para 7,1.

"A tendência para cima na confiança do consumidor desde fevereiro foi suspensa por enquanto", escreveu o GfK em comunicado.

"Entretanto, isso não significa uma mudança na tendência geral e o início de uma queda."

Um subíndice de expectativas de renda dos consumidores caiu, embora ante um nível alto devido ao baixo desemprego e fortes aumentos salariais neste ano.

"Um possível motivo para essa queda é que os consumidores estão ligeiramente menos otimistas com a economia", disse o GfK. "As expectativas de aumentos de preços também devem ter tido um papel importante...Os consumidores temem que seu poder de compra ficará mais fraco."

Custos mais altos dos alimentos levaram a uma alta de 1,9 por cento na inflação anual em julho, o ritmo mais forte em 2013.