Fundação Krupp indica sucessora de patriarca da ThyssenKrupp

quarta-feira, 28 de agosto de 2013 14:43 BRT
 

FRANKFURT, 28 Ago (Reuters) - A Fundação Krupp, unidade filantrópica que controla nomeações-chave da alemã ThyssenKrupp, disse ter nomeado a cientista Ursula Gather para suceder o patriarca Berthold Beitz como sua chefe.

Em um comunicado nesta quarta-feira, a ThyssenKrupp disse que Ursula foi promovida a líder do conselho da Fundação Alfried Krupp von Bohlen e Halbach, que detém 25 por cento de participação na maior siderúrgica da Alemanha.

Heinrich Hiesinger, presidente-executivo da ThyssenKrupp AG, elogiou a escolha de uma "mulher forte" e ex-vencedora do prêmio Alfried Krupp para jovens professores universitários. Ursula, agora reitora da universidade TU Dortmund, ganhou o prêmio em 1987.

(Por Edward Taylor)