Pressionado por OGX, Ibovespa encerra sessão volátil em queda

quarta-feira, 28 de agosto de 2013 18:11 BRT
 

SÃO PAULO, 28 Ago (Reuters) - O principal índice da Bovespa encerrou a volátil sessão desta quarta-feira em queda, na terceira baixa seguida, pressionada pela derrocada das ações da OGX.

O Ibovespa caiu 0,45 por cento, a 49.866 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 7,02 bilhões de reais.

O índice chegou a subir 1 por cento mais cedo, seguindo a alta das bolsas norte-americanas, mas fechou no vermelho após uma acentuada queda da OGX, petroleira do grupo EBX.

As ações foram afetadas pela notícia de que o empresário Eike Batista estaria negociando a conversão da dívida bilionária da OGX em participação acionária na companhia. "A operação traria uma diluição da atual base de acionistas", afirmou o analista Felipe Rocha, da Omar Camargo Corretora.

Na véspera, a petroleira de Eike dissera ter desistido da aquisição de blocos que arrematou sozinha na 11a rodada de leilões de áreas de exploração.

Mas as blue chips Petrobras e Vale também contribuíram para a queda do índice nesta sessão.

"Há uma volatilidade muito grande em cima do papel (da Petrobras), e as recentes altas do petróleo e do câmbio também estão interferindo", afirmou o operador de renda variável Luiz Roberto Monteiro, da Renascença Corretora.

Na véspera, o índice recuou 2,6 por cento, em meio ao temor de um possível ataque militar liderado pelos Estados Unidos contra a Síria.

"O primeiro impacto da Síria fez o mercado se aproximar de uma zona de suporte", afirmou o operador Rudimar José Joner Filho, da Banrisul Corretora.   Continuação...