Eike se desfaz de 1,54% do capital da OGX e pretende vender mais

quinta-feira, 29 de agosto de 2013 13:49 BRT
 

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO, 29 Ago (Reuters) - O empresário Eike Batista se desfez de 49,8 milhões de ações de sua petroleira OGX na quarta-feira, ou 1,54 por cento do capital da empresa, e pretende realizar vendas adicionais pontuais da companhia em montante total superior a 5 por cento.

A OGX informou que Eike pretende manter inalterada sua posição de acionista controlador, com participação acima de 50,01 por cento, segundo comunicado da empresa nesta quinta-feira.

"Conforme informado pelo nosso acionista controlador, as referidas vendas fazem parte de contínuo processo de aperfeiçoamento da sua estrutura de capital, e têm por objetivo cumprir determinas obrigações financeiras com credores da holding EBX", informou a OGX.

Considerando as vendas de ações da OGX realizadas desde março de 2013, Eike já teve sua participação na companhia reduzida em 5,67 por cento.

No pregão de quarta-feira, em que Eike vendeu quase 50 milhões de papéis da OGX, a ação da empresa caiu 17,39 por cento, para 0,57 real.

Nesta sessão, as ações da OGX voltavam a cair, com baixa de 12,28 por cento, a 0,50 real, enquanto o Ibovespa subia cerca de 1 por cento.

(Por Sabrina Lorenzi e Roberto Samora)

 
Chairman do grupo EBX, Eike Batista, gesticula na cerimônia que comemorou o início da produção de petróleo pela OGX, companhia de petróleo e gás do grupo EBX, no Complexo Industrial do Superporto do Açu, em São João da Barra, no Rio de Janeiro. Batista se desfez de 49,8 milhões de ações de sua petroleira OGX na quarta-feira, ou 1,54 por cento do capital da empresa, e pretende realizar vendas adicionais pontuais da companhia em montante total superior a 5 por cento. 26/04/2012. REUTERS/Ricardo Moraes