Chinesa Chalco tem prejuízo de US$102 mi no 1o semestre

sexta-feira, 30 de agosto de 2013 11:58 BRT
 

HONG KONG, 30 Ago (Reuters) - A Aluminum Corp of China (Chalco), maior produtora de alumínio do país, divulgou nesta sexta-feira prejuízo de 623,8 milhões de iuans (101,9 milhões de dólares), atingida por preços menores e excesso de oferta no maior produtor e consumidor do metal do mundo.

No mesmo período do ano passado, a companhia havia sofrido prejuízo líquido de 3,25 bilhões de iuans.

Problemas de excesso de oferta fizeram a companhia a fechar temporariamente em junho 380 mil toneladas de capacidade anual de alumínio, representando 9 por cento de sua produção em 2012.

Os preços do alumínio atingiram mínimas em quatro anos no final de junho, abaixo de 1.800 dólares a tonelada. Desde então, os preços se recuperaram para 1.836 dólares, mas ainda estão em queda de 11 por cento no acumulado do ano.

A Chalco produziu 6,08 milhões de toneladas de alumina no primeiro semestre do ano, alta de 1,84 por cento sobre o mesmo período do ano passado. A alumina é usada na produção de alumínio primário.

(Por Polly Yam)