Exportação de açúcar remunera melhor, mas negócios são calmos--Cepea

segunda-feira, 2 de setembro de 2013 15:01 BRT
 

SÃO PAULO, 2 Set (Reuters) - As negociações do açúcar cristal no mercado de exportação brasileiro têm sido calmas nos últimos dias, mesmo com uma remuneração melhor para as vendas externas na comparação com o mercado doméstico, apontou o Cepea nesta segunda-feira.

"Novos contratos envolvendo o açúcar cristal (...) foram captados, mas, de maneira geral, a movimentação também tem sido calma", disse o centro, em relatório semanal.

O indicador de Açúcar Cristal Esalq/BVMF, referente ao produto posto no porto de Santos, sem impostos, cor ICUMSA máxima de 150, que inclui vendas domésticas e para exportação, fechou a 46,19 reais por saca de 50 kg na sexta-feira, pequeno aumento de 0,06 por cento em uma semana.

Em uma análise da paridade entre exportação e mercado interno, cálculos do Cepea mostram que no período de 26 a 30 de agosto as vendas externas remuneraram 5,6 por cento a mais que as vendas no mercado spot paulista.

(Por Laiz de Souza)