Síria cancela licitação de compra de açúcar por falta de ofertas

segunda-feira, 2 de setembro de 2013 15:03 BRT
 

ABU DHABI, 2 Set (Reuters) - A Síria cancelou um leilão para comprar 276 mil toneladas de açúcar branco após receber somente uma oferta, registrando seu segundo grande fracasso em licitações de alimentos em duas semanas, à medida que os vendedores continuam a se afastar do complexo sistema de pagamentos do país, alvo de sanções.

"Nós só recebemos uma oferta, e por isso tivemos que cancelar, nós vamos entrar com uma nova licitação para a mesma quantidade em breve", disse nesta segunda-feira uma autoridade da Organização Geral do Comércio Exterior (entidade síria responsável por compras internacionais), que pediu para não ser identificada.

A guerra civil e uma crise humanitária cada vez mais profunda no país levaram o governo do presidente sírio Bashar al-Assad a lançar leilões para açúcar, trigo, farinha e arroz desde julho, com o pagamento sendo realizado através de fundos congelados no exterior, mas os operadores internacionais mostraram pouco entusiasmo para realizar negócios.

O leilão encerrado em 13 de agosto foi o segundo no qual a Síria tentou comprar açúcar, após uma primeira licitação realizada em 16 de julho.

Em 20 de agosto as autoridades sírias cancelaram um leilão para 200 mil toneladas de trigo, alegando que as ofertas não estavam de acordo com o exigido.

(Reportagem de Maha El Dahan)