ENTREVISTA-Renova Energia tentará vender energia solar no leilão A-3

segunda-feira, 2 de setembro de 2013 15:29 BRT
 

Por Anna Flávia Rochas

SÃO PAULO, 2 Set (Reuters) - A Renova Energia, empresa que tem a Light no bloco de controle, buscará vender energia solar no leilão A-3, no qual tem cerca de 200 megawatts (MW) em projetos cadastrados para participação, ao mesmo tempo em que busca manter a expansão no segmento de energia eólica.

A companhia --que tem estado presente com energia eólica nos leilões do mercado regulado e também vende no mercado livre-- tentará viabilizar a energia solar em leilão previsto para novembro, mesmo com a perspectiva de que essa fonte tenha que competir com outras mais baratas.

O leilão A-3, marcado para 18 de novembro e com entrega de energia a partir de 2016, será o primeiro certame com participação de projetos de fonte solar do setor elétrico no Brasil.

"A nossa meta é poder ser tão competitivo (com energia solar) quanto uma usina a gás natural... Se a usina a gás estiver entre 180 a 200 reais por megawatt-hora (MWh), por exemplo, a solar tem que estar um pouquinho abaixo. A gente vai tentar (vender energia solar no leilão)", disse o presidente da Renova Energia, Mathias Becker, em entrevista à Reuters.

Segundo o executivo, apenas 30 por cento dos equipamentos de uma usina solar podem ser fabricados no Brasil, de forma que um projeto dessa fonte tem importante influência da variação do dólar, e a empresa ainda negocia com fornecedores para o leilão.

A Renova tem 400 MW em projetos de energia solar já outorgados, que podem ser construídos. O potencial solar está na Bahia, mesmo Estado em que a Renova vem viabilizando novos potenciais de energia eólica a preços competitivos.

No leilão de energia de reserva exclusivo para a fonte eólica, realizado no fim de agosto, a Renova vendeu 159 MW de parques eólicos na Bahia.

O preço médio praticado pelas empresas vencedoras no leilão, de 110,51 reais por MWh, é um patamar sustentável para os próximos cinco anos, segundo Becker.   Continuação...