Produção de petróleo do Brasil cai 6% em julho ante junho--ANP

segunda-feira, 2 de setembro de 2013 16:12 BRT
 

SÃO PAULO, 2 Set (Reuters) - A produção de petróleo do Brasil em julho somou 1,974 milhão de barris por dia (bpd), uma queda de 2,4 por cento na comparação anual e 6 por cento ante junho, principalmente pela parada programada da plataforma P-40, no campo de Marlim Sul, por cerca de 15 dias, informou nesta segunda-feira a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A produção de gás do Brasil em julho foi de 78,5 milhões de metros cúbicos diários, alta 10,6 por cento em relação a julho de 2012 e queda de 1,9 por cento ante junho.

Cerca de 93 por cento da produção de petróleo e gás natural foram provenientes de campos operados pela Petrobras, que ainda não divulgou dados para a produção de julho.

A estatal produziu 1,79 milhão de barris por dia no Brasil, uma queda de 4,8 por cento ante 1,881 milhão de barris do mês anterior, segundo dados da ANP sobre produção por concessionária.

A produção de gás da Petrobras somou 66,5 milhões de metros cúbicos por dia em julho, 1,2 por cento a menos que em junho, quando foram produzidos 67,29 milhões de metros cúbicos diários.

A plataforma com maior produção foi a P-56, que produziu 143,8 mil barris de óleo equivalente por dia (petróleo e gás), por meio de oito poços localizados no campo de Marlim Sul.

PRÉ-SAL

A produção do pré-sal foi de 296,4 mil barris diários de petróleo e de 9,9 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, totalizando 358,8 mil barris de óleo equivalente por dia, uma redução de 4,6 por cento em relação ao mês anterior.

"O principal motivo para a queda na produção (do pré-sal) foi a conclusão do Sistema de Produção Antecipada (SPA) do poço 3BRSA788SPS, interligado ao FPSO Cidade de São Vicente e localizado no campo de Sapinhoá", disse a ANP.

(Por Gustavo Bonato e Roberto Samora)