Espanha quer atrelar planos de pensão à expectativa de vida

segunda-feira, 2 de setembro de 2013 17:51 BRT
 

MADRI, 2 Set (Reuters) - A Espanha está pressionando por reformas nos planos públicos de pensão que atrelariam pagamentos a expectativa de vida e a ciclos econômicos, sem elevar a idade de aposentadoria, disse a ministra do emprego Fátima Báñez nesta segunda-feira.

A proposta, que o governo apresentou a sindicatos nesta segunda-feira, deixaria de corrigir as pensões de acordo com a inflação a partir do próximo ano. Em vez disso, os pagamentos seriam atrelados a uma fórmula mais complexa, que também leva em conta a receita do sistema.

A Espanha está sob pressão da União Europeia para reformular seu sistema de pensão até o fim de 2013, para ajudar a corrigir desequilíbrios na economia num momento em que o alto desemprego gera tensão sem precedentes sobre fundos de seguridade social.

Apesar de mudanças recentes restringindo aposentadoria antecipada, o envelhecimento da população e a queda da taxa de natalidade também preocupam a Espanha.

(Reportagem de Blanca Rodriguez)