Anima Educação contrata Itaú BBA, BofA e HSBC para IPO

terça-feira, 3 de setembro de 2013 15:07 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Anima Educação contratou os bancos Itaú BBA, Bank of America Merrill Lynch e HSBC para coordenarem sua oferta inicial de ações (IPO), conforme prospecto preliminar disponibilizado nesta terça-feira pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A oferta inclui distribuição primária, em que os recursos captados vão para o caixa da companhia, e secundária, em que o dinheiro da operação é destinado aos acionistas vendedores. O valor da operação, faixa de preço das ações e data da oferta ainda não foram divulgados pela empresa.

A intenção da companhia de fazer uma oferta inicial de ações havia sido antecipada em agosto pela Reuters.

A decisão da Anima de realizar IPO coincide com esforços de outras companhias do setor educacional de recorrer a investidores para expandir suas atividades e adquirir empresas rivais.

A Kroton Educacional e a Abril Educação são empresas buscaram investidores em meio às promessas da presidente Dilma Rousseff de trabalhar junto das empresas para ampliar a qualidade e a cobertura da educação privada no país.

A Ser Educacional, por exemplo, deve precificar em outubro seu IPO, que deve girar em torno de 300 milhões a 400 milhões de dólares, segundo o IFR, serviço da Thomson Reuters.

No prospecto, a Anima Educação informou que a totalidade dos recursos levantados será destinada à continuidade do seu processo de aquisições.

Atualmente, a empresa é dona dos centros universitários Una, UniBH e Unimonte, e de duas faculdades nas cidades de Betim e Contagem, em Minas Gerais. Em março deste ano, a Anima comprou uma participação 50 por cento na HSM, instituição de educação e eventos corporativos, por 55,3 milhões de reais.

Até junho, a companhia contava com mais de 48 mil estudantes matriculados em cursos presenciais, em 17 campi localizados nos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.   Continuação...