ONS pedirá acionamento de mais térmicas por situação no Nordeste

terça-feira, 3 de setembro de 2013 19:11 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 3 Set (Reuters) - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) vai sugerir o acionamento de mais usinas térmicas para segurança elétrica no país para evitar que queimadas, comuns nesta época do ano, provoquem blecautes como o que aconteceu na semana passada.

"Existe a possibilidade de acionar mais térmicas, ainda mais agora que houve um blecaute e a gente identifica que o período de agosto a setembro tem típico histórico de maior intensidade de queimadas", disse o diretor-geral do ONS, Hermes Chipp, a jornalistas nesta terça-feira.

Segundo ele, a sugestão pelo acionamento de térmicas será feita na reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), marcada para quarta-feira.

"Já que tem muita ocorrência de queimada, vamos aumentar a geração na região para compensar...eventuais riscos de segurança elétrica e perda no envio (de energia)", disse Chipp.

Chipp disse ainda que os reservatórios na região Nordeste estão em níveis baixos e que o envio de energia de outras regiões para lá caiu de cerca de 4.300 megawatts (MW), antes do blecaute da semana passada, para 2.700 MW atualmente.

"Se o reservatório está baixo e o Nordeste está na pior hidrologia, se você coloca térmicas, desestoca menos (os reservatórios) para atender a carga", disse Chipp.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse, após participar do mesmo evento em que estava Chipp que o governo poderá acionar mais térmicas, se considerar necessário.

"Já desligamos algumas térmicas em reuniões anteriores do CMSE e, na ocasião, eu próprio disse que, se fosse necessário, religar alguma térmica nós faríamos e o fato é que nós não podemos correr riscos", disse o ministro a jornalistas.

"Se for necessário, vamos fazer isso depois de examinar no Comitê", acrescentou.   Continuação...