Cemig ou EDF podem entrar no consórcio que venceu Sinop

terça-feira, 3 de setembro de 2013 21:00 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 3 Set (Reuters) - A elétrica mineira Cemig e a francesa EDF estão interessadas em entrar no consórcio que venceu o leilão da usina de Sinop, no Mato Grosso, disse nesta terça-feira o presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto.

Eletronorte e Chesf, ambas da Eletrobras, disseram na semana passada que buscariam um novo sócio para substituir a Alupar Investimento, que desistiu do consórcio que arrematou a concessão da hidrelétrica de Sinop.

Segundo o presidente da estatal, a Alupar tem até a assinatura do contrato de concessão, que deve acontecer em até 3 meses, para decidir se permanece ou não no consórcio.

"Existem várias possibilidades em discussão. Alupar continuar no consórcio com uma menor participação, de entrar estas interessadas, ou outras possibilidades, mas uma coisa é certa, vamos construir a usina", disse o presidente da Eletrobras em evento no Rio de Janeiro.

O executivo afirmou, ainda, que vai se reunir na semana que vem como ministro de Minas e Energia Edison Lobão para tratar do futuro da distribuidoras Amazonas Energia, Distribuição Acre, Alagoas, Piauí, Rondônia e Roraima. A concessão destas distribuidoras vence a partir de 2015.

Costa Neto acredita que uma decisão sobre o destino destas empresas pode ser tomada ainda este ano.

O presidente da Eletrobras estimou que o programa de demissão voluntária da estatal possa alcançar mais de 5 mil adesões no ano que vem contra um pouco mais de 4 mil já contabilizadas.

(Por Rodrigo Viga Gaier)