Coca-Cola Femsa está aberta a mais aquisições após compra da Spaipa

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 07:15 BRT
 

MONTERREY, México, 4 Set (Reuters) - A engarrafadora mexicana Coca-Cola Femsa está aberta a mais aquisições após a compra da brasileira Spaipa por 1,9 bilhão de dólares, seu nono negócio em pelo menos dois anos.

Hector Trevino, vice-presidente financeiro da aliança entre a Coca-Cola e a mexicana Femsa, afirmou que a companhia tem recursos financeiros para fazer novas aquisições.

Ele afirmou que a dívida líquida da companhia será de 1,6 vez o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) em dezembro e que a empresa ficará confortável com o um nível de endividamento de até duas vezes o Ebitda.

"Se nos depararamos com uma aquisição que exija mais que isso, nós poderíamos também usar nossas ações e, se não, poderíamos também fazer uma oferta pública de ações", disse Trevino em reunião com analistas.

A compra da Spaipa ocorreu após a Coca-Cola Femsa ter anunciado a aquisição da Companhia Fluminense de Refrigerantes por 448 milhões de dólares. Analistas consideram que a estratégia da empresa marca preocupação com diversificação para além de um mercado mexicano potencialmente menos lucrativo.

O governo do México deve apresentar um plano de reforma no domingo que deve incluir imposto sobre bebidas espumantes.

(Por Gabriela Lopez)