Exportações e gastos ajudam a tirar zona do euro da recessão no 2º tri

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 07:16 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A recuperação das exportações e os gastos das famílias e do governo tiraram a zona do euro da recessão no segundo trimestre deste ano, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira, nos primeiros sinais de recuperação após a mais longa contração do bloco.

Crescimento mais forte do que o esperado de Alemanha a Portugal ajudou a economia da zona do euro a expandir 0,3 por cento no período entre abril e junho, informou a agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, em seu primeiro detalhamento dos dados.