Investidores do Japão vendem posições em fundos atrelados ao real

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 08:09 BRT
 

TÓQUIO, 4 Set (Reuters) - Investidores de varejo do Japão estão promovendo uma saída líquida de posições em fundos de investimentos conhecidos como "toshins" atrelados ao real.

A saída dos investidores em agosto atingiu o maior nível já registrado em meio a preocupações de que os mercados emergentes serão prejudicados pela redução de estímulos à economia norte-americana pelo Federal Reserve, segundo o Nomura.

Os investidores venderam 44 bilhões de ienes (441 milhões de dólares) de toshins que ofereciam exposição de hedge ao real.

"Apesar do investimento em real ter se recuperado durante a primeira metade do ano, o movimento desacelerou com a depreciação", disse o Nomura em relatório.

O real atingiu menor nível em cinco anos contra o dólar em 21 de agosto, a 2,455, segundo dados da Reuters, em meio a preocupações de que o Fed vai começar a reduzir seu programa de compra de títulos de 85 bilhões de dólares por mês.

Os investidores de varejo do Japão também tiveram saída líquida de investimentos em liras turcas no mês passado, pela primeira vez desde dezembro de 2010.

Eles venderam 400 milhões de ienes em investimentos em agosto, depois que a lira turca despencou para o menor nível de 2,0730 por dólar em 28 de agosto, em meio a preocupações geopolíticas sobre um possível ataque contra a Síria.

Porém, os japoneses foram compradores líquidos de toshins vinculados ao peso mexicano no mês passado, com um fluxo de entrada de 28 bilhões de ienes, segundo o Nomura.

Os toshins com exposição ao dólar norte-americano atraíram a maior parte do fluxo de investimento em agosto. Os japoneses compraram 109 bilhões de ienes em posições nestes investimentos, apesar do ritmo ter recuado ante os 147 bilhões registrados em julho.

(Por Dominic Lau)