Ações asiáticas caem por preocupações com Síria após 4 dias de ganhos

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 08:13 BRT
 

Por Saikat Chatterjee

HONG KONG, 4 Set (Reuters) - As ações asiáticas romperam uma série de quatro dias de ganhos nesta quarta-feira e registraram queda, visto que o crescente apoio de autoridades dos Estados Unidos para uma ação militar contra a Síria prejudicou a demanda do investidor por ativos de maior risco.

Às 8h07 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão tinha oscilação positiva de 0,06 por cento, após ter atingido a mínima do dia depois de quatro dias de ganhos.

O índice japonês Nikkei recuperou as perdas iniciais e subiu para nova máxima em três semanas. O índice fechou em alta de 0,5 por cento, a 14.053 pontos, sua máxima de fechamento desde 14 de agosto. O índice já subiu 35 por cento neste ano, mas está 12 por cento abaixo da máxima de maio.

O apetite pelo risco foi visivelmente mais fraco depois que dois importantes líderes do Congresso norte-americano, John Boehner e Eric Cantor, apoiaram a ação militar para punir o suposto uso de armas químicas em civis pelo presidente sírio Bashar al-Assad.

A posição deles sugeriu que o voto pode ser aprovado no Congresso quando as autoridades retornarem a Washington em 9 de setembro, escreveu o CitiFx em nota a clientes.