Atividade do comércio cai 1,1% em agosto sobre ano antes--Serasa

quarta-feira, 4 de setembro de 2013 09:59 BRT
 

SÃO PAULO, 4 Set (Reuters) - O movimento dos consumidores nas lojas caiu 1,1 por cento em agosto em relação ao mesmo período do ano passado, segundo indicador mensal da Serasa Experian divulgado nesta quarta-feira, afetado pela queda nos segmentos de eletroeletrônicos e automóveis.

Embora o segmento de supermercados, alimentos e bebidas tenha visto um avanço de 4,6 por cento sobre o mesmo mês de 2012, a atividade comercial diminuiu 4,9 por cento em móveis, eletroeletrônicos e informática e recuou 5,7 por cento em veículos, motos e peças, ajudando a puxar o resultado final para o campo negativo.

Para explicar a queda, os economistas do Serasa Experian citaram a escalada do dólar e o aumento dos juros, que, combinados com menor grau de confiança dos consumidores, teriam impactado "negativamente o movimento de segmentos movidos a crédito".

Na comparação com julho, a atividade comercial ficou praticamente estável, com aumento de 0,2 por cento.

Entre janeiro e agosto, por outro lado, houve alta de 5,7 por cento, impulsionada pela variação positiva em combustíveis e lubrificantes (+6,6 por cento), e em supermercados, alimentos e bebidas (+5,8 por cento).

Na outra ponta, os segmentos com pior resultado no acumulado do ano foram material de construção (+2,1 por cento) e veículos, motos e peças (+2,4 por cento).

O indicador da Serasa Experian leva em conta o volume de consultas mensais realizadas pelas lojas na base de dados da empresa.

(Por Marcela Ayres)