Pedidos de auxílio desemprego nos EUA caem e média móvel atinge nível pré-recessão

quinta-feira, 5 de setembro de 2013 09:59 BRT
 

WASHINGTON, 5 Set (Reuters) - O número de norte-americanos que entraram com pedidos de auxílio desemprego na semana passada caiu para perto da mínima de cinco anos, sinalizando que a economia dos Estados Unidos está saudável e pode levar o Federal Reserve a reduzir o programa de estímulo monetário.

Os pedidos iniciais do benefício estatal caíram 9 mil para um dado ajustado sazonalmente de 323 mil, informou na quinta-feira o Departamento do Trabalho. Os pedidos da semana anterior foram revisados para mostrar mais mil pedidos do que inicialmente divulgado.

Economistas consultados pela Reuters esperavam que o número caísse para 330 mil na semana passada.

Os pedidos estão perto dos níveis de janeiro de 2008, no início da recessão de 2007 a 2009. O menor nível neste ano foi de 322 mil.

A média móvel de quatro semanas de novos pedidos caiu para o menor nível desde outubro de 2007, antes do início da recessão. Esta medida, que reduz a volatilidade semanal, caiu 3 mil, para 328,5 mil novas solicitações.